Ceará política sociedade

SPS e CEDI promovem a V Conferência Estadual dos Direitos do Idoso

Ascom SPS

Gestores públicos e técnicos dos 184 municípios cearenses, do governo do Estado e representantes da sociedade civil participam, nestas quinta e sexta-feira, dias 26 e 27 de setembro, em Fortaleza, da V Conferência Estadual dos Direitos do Idoso. Promovido pela Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) e Conselho Estadual dos Direitos do Idoso (Cedi), o evento tem como tema central “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”, e prevê reunir cerca de 500 pessoas. A abertura acontece às 9h, com a presença da titular da SPS, Socorro França, do presidente do CEDI, Rafael Castelo Branco, e do promotor de Justiça do Ceará, Hugo Porto.

Nos dois dias do encontro, quatro eixos temáticos estarão em destaque na pauta: direitos fundamentais na construção e efetivação das políticas públicas; educação assegurando direitos de emancipação humana; enfrentamento da violação dos direitos humanos da pessoa idosa e os Conselhos de Direitos: seus papeis na efetivação do controle social e na geração; e implementação das políticas públicas.

Expansão

A V Conferência Estadual do Idoso é resultante de reuniões, debates e propostas desenvolvidas em 147 conferências municipais, neste ano, e que reuniram mais de 18 mil pessoas, no Estado. “Com o envelhecimento crescente da população, o interesse maior por essa temática tem favorecido e fortalecido bastante o entrosamento da sociedade civil com o poder público, no desenvolvimento de ações e na busca de soluções aos desafios sociais à melhoria da qualidade de vida das pessoas idosas”, destaca Castelo Branco.

O Ceará é hoje o estado com maior número de conselhos municipais de direitos do idoso ativos. A titular da SPS, Socorro França, destaca que a forte participação popular, por meio dos conselhos, nessa política traz boas perspectivas para o encontro. “As conferências devem traduzir os interesses da sociedade. Queremos ouvir o que a população idosa anseia e transformar isso em políticas públicas”, pontua.

Ao final do encontro, serão definidas ações para fortalecer a gestão compartilhada e integrada dos entes federados. Haverá, ainda, a escolha dos delegados que participarão da V Conferência Nacional dos Direitos do Idoso, em Brasília.

Serviço:

V Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa
Data: 26 e 27 de setembro (quinta e sexta-feira)
Hora da abertura: 9h de quinta-feira
Local: Auditório do Hotel Recanto Uirapuru (Av. Alberto Craveiro, 2222 – Bairro Dias Macedo)