Justiça Piaui sociedade

Quarto Módulo do Curso Defensoras Populares abordará Direitos das Famílias

Aula será ministrada a partir das 14h, na Biblioteca Estação Nova Cultura, no Itararé, zona Sudeste de Teresina

Acontece no próximo sábado (5), a partir das 15h, na Biblioteca Estação Nova Cultura, no Itararé,o IV Módulo do Curso Defensoras Populares, realizado pela Defensoria Pública do Estado do Piauí. O tema versará sobre “Direito das Famílias – Elementos básicos sobre institutos do Direito das Famílias, como casamento, guarda, alimentos, divórcio, reconhecimento e dissolução de união estável”. A ministrante será a defensora pública  Sheila de Andrade Ferreira, diretora cível da DPE-PI e titular da 2ª Defensoria Pública de Família.

O Projeto Defensoras Populares é desenvolvido por meio de curso, que tem por objetivo a formação de lideranças comunitárias femininas como agentes multiplicadoras na busca pela garantia dos direitos das mulheres, foi implantado no Piauí por iniciativa da subdefensora pública geral, Carla Yáscar Bento Feitosa Belchior e vem sendo realizado com significativa participação das lideranças femininas do Itararé e região.

Divulgação
Defensoras públicas que ministraram o III Módulo (Divulgação)

No último sábado, dia 28 de setembro, as defensoras Sheila de Andrade Ferreira e Sarah Vieira Miranda Lages Cavalcanti, titular da 2ª Defensoria Pública do Idoso, ministraram o III Módulo, que teve como tema “Ações Afirmativas: Direitos das pessoas idosas e com deficiência, população LGBTI e criança e adolescente”. A aula contou com a presença da subdefensora Carla Yáscar Belchior e das defensoras públicas Patrícia Ferreira Monte Feitosa, diretora de Primeiro Atendimento da Defensoria e Sara Maria Araújo Melo, titular da 1ª Defensoria Pública do Idoso, que colaborou no repasse das informações.

Sheila de Andrade destaca as impressões sobre a experiência. “O Projeto Defensoras Populares é uma oportunidade única de passar conhecimento, ter contato com as usuárias dos nossos serviços e capacitar pessoas para serem multiplicadoras. Saí agradecida pela oportunidade e encantada com o Projeto. Há engajamento, envolvimento, doação pessoal e empenho, seja das alunas seja das Defensoras. Que venham mais Projetos assim, saindo dos gabinetes e salas de audiências, para encontrar a população! Parabéns a todos os envolvidos!”, diz a defensora.

Sarah Miranda também se refere ao Projeto como um ganho. “Participar desse Projeto e ir ao encontro das nossas assistidas foi um privilégio. A capacitação de mulheres comprometidas com as causas sociais irá promover um acesso maior ao conhecimento, já que elas serão multiplicadoras das matérias discutidas. Percebemos a sede da população em aprender, em conhecer seus direitos e se por a serviço do bem comum. Como Defensora Pública, o Projeto tem me proporcionado ricas experiências como ser humano. As partilhas durante as formações são repletas de experiências que nos aprimoram como servidor público e como pessoa”, destaca.

Carla Yáscar Belchior diz que a expectativa está sendo contemplada e que o envolvimento das participantes, bem como das Defensoras Públicas ministrantes, tem sido um diferencial no enriquecimento da experiência. “É extremamente gratificante perceber como as lideranças estão interessadas em conhecer e reconhecer seus direitos e como se engajaram nessa proposta, que tem sido muito enriquecedora também para nós, Defensoras Públicas, que temos a oportunidade de adquirir cada vez mais conhecimento sobre a realidade vivida diariamente por essas mulheres em suas comunidades. Tem sido uma troca de experiências por demais gratificante e esperamos que assim continue até a finalização do Curso, lembrando que levaremos o Projeto Defensoras Populares também para outras zonas de Teresina, oportunizando que mais lideranças femininas sejam empoderadas”, afirma a subdefensora-geral.

Autoria: Ângela Ferry